logo novos estudos
sobre a novos estudos
e-mail: senha:
Busca
Acesso livre Todas as edições Conteudo virtual Envie seu artigo Ensaio visual
Última Edição
   92 - Abril de 2012
Capa
Índice
Seções
  - Opinião
  - Dossiê
  - Artigos
  - Críticas
Índice
Twitter @NovosEstudos
Filtrar por:   
Edição 85 - Dezembro de 2009

Confira o ensaio visual desta edição

O curioso realista

Meu caro Teddie

"Você maltrata meu texto de forma arbitrária"

Minima moralia

O verdadeiro no mais próximo

Raízes sociais e ideológicas do Lulismo

Modernidade Medieval: cidadania e urbanismo na era global

Arrivistas e decadentes - o debate político‑intelectual brasileiro na primeira década republicana

A sociologia dos mercados de trabalho, ontem e hoje

Negociações coletivas e legislação estatal

O romance: história e teoria

Consistência de Corola

Dostoiévski em três novelas de juventude

Exercícios do pensamento

Entre o princípio e a regra

Raízes sociais e ideológicas do lulismo

O curioso realista
Autor: Theodor W. Adorno
Resumo: Neste ensaio, Theodor Adorno combina memórias pessoais à análise da obra de Siegfried Kracauer, acentuando suas particularidades, como o traço anti‑sistemático, a aversão ao idealismo, à especialização e aos métodos convencionais de análise, com forte lastro na própria experiência, o que possibilitou ao autor de O ornamento da massa descobrir novos objetos com uma rara liberdade, notavelmente antiideológica. Palavras-chave: Siegfried Kracauer; Filosofia alemã; Sociologia alemã; Pensamento do século XX.
» ver artigo
Meu caro Teddie
Autor: Kracauer e Adorno (correspondência)
Resumo: Correspondência entre Kracauer e Adorno (1923-1966). Tradução de Júlia Bussius
» ver artigo
"Você maltrata meu texto de forma arbitrária"
Autor: Kracauer e Adorno (correspondência)
Resumo: Correspondência entre Kracauer e Adorno (1938).
» ver artigo
Minima moralia
Autor: Kracauer e Adorno (correspondência)
Resumo: Correspondência entre Kracauer e Adorno (1951)
» ver artigo
O verdadeiro no mais próximo
Autor: Leopoldo Waizbort
Resumo: O artigo pretende aferir algumas das correspondências e problematizações presentes no livro de S. Kracauer, O ornamento da massa, e nas cartas trocadas entre ele e Theodor W. Adorno. Palavras-chave: Kracauer; Adorno; O ornamento da massa; Crítica da cultura.
» ver artigo
Raízes sociais e ideológicas do Lulismo
Autor: André Singer
Resumo: O artigo sugere hipóteses para compreender o realinhamento eleitoral que teria ocorrido em 2006. O subproletariado, que sempre se manteve distante de Lula, aderiu em bloco à sua candidatura depois do primeiro mandato, ao mesmo tempo em que a classe média se afastou dela. A explicação estaria em uma nova configuração ideológica, que mistura elementos de esquerda e de direita. O discurso e a prática, que unem manutenção da estabilidade e ação distributiva do Estado, encontram‑se na raiz da formação do lulismo. Palavras-chave: Realinhamento eleitoral; subproletariado; ideologia; lulismo.
» ver artigo
Modernidade Medieval: cidadania e urbanismo na era global
Autor: Nezar Alsayyad e Ananya Roy
Resumo: Este artigo examina formas de cidadania associadas ao urbanismo contemporâneo. Concentra‑se em três espaços paradigmáticos: o enclave fechado, a ocupação regulamentada e o campo. Os autores argumentam que a paisagem formada pela cidadania urbana é crescentemente fragmentada e dividida. Essas geografias são constituídas por soberanias múltiplas e concorrentes que, quando exercidas sobre o território, dão origem a feudos de regulação ou a zonas "sem lei". A fim de entender essas práticas, os autores empregam o quadro conceitual da "cidade medieval". O uso da história como teoria joga luz em tipos particulares de cidadania urbana, tais como a "cidade livre" ou o "bairro étnico", presentes em diferentes momentos do medievalismo e que guardam semelhanças com processos atuais. Tradução de Joaquim Toledo Jr. Palavras‑chave: Cidade medieval; Enclave fechado; Ocupação regulamentada; Campo.
» ver artigo
Arrivistas e decadentes - o debate político‑intelectual brasileiro na primeira década republicana
Autor: Angela Alonso
Resumo: Este artigo toma a luta política da passagem do Império para a República como chave de leitura da produção intelectual da primeira década republicana. Argumento que a clivagem do debate intelectual do período é eminentemente política, originando duas identidades relacionais: "monarquistas de pena", isto é, ex‑aristocratas de corte, convertidos em defensores do regime deposto, e jacobinos, membros de grupos sociais ascendentes com a República, que trabalharam na demolição dos símbolos da velha ordem e na legitimação da nova. Palavras‑chave: Primeira República; Debate político‑intelectual; Identidades políticas.
» ver artigo
A sociologia dos mercados de trabalho, ontem e hoje
Autor: Nadya Araujo Guimarães
Resumo: O interesse da sociologia pelos estudos do mercado de trabalho tem variado ao sabor dos desafios postos por distintas conjunturas históricas e dos debates intelectuais nelas travados. Este artigo procura acompanhar como se constituiu a moderna sociologia do mercado de trabalho, apontando as suas interfaces com outros domínios temáticos da sociologia e destacando sua importância para a formação de um pensamento latino‑americano sobre a especificidade das nossas sociedades. Os debates da nova sociologia econômica arejaram a agenda e renovaram os instrumentos conceituais da sociologia dos mercados de trabalho, como mostra os resultados de estudo recente sobre o mercado de intermediação de oportunidades ocupacionais em São Paulo. Palavras chave: Mercado de trabalho; sociologia econômica; intermediação de empregos; Brasil.
» ver artigo
Negociações coletivas e legislação estatal
Autor: Carlos Henrique Horn
Resumo: Uma análise comparada da regulação da relação de emprego de fins dos anos de 1970 ao plano Real. Este artigo apresenta uma análise do conteúdo normativo de acordos coletivos em comparação com a legislação estatal, com o objetivo de verificar se, e em que medida, as negociações coletivas de trabalho criaram regras não previstas no amplo conjunto de normas estatais que caracteriza o sistema brasileiro de relações de trabalho. Trata-se de um estudo empírico com base em dados de unidades de negociação da indústria do Rio Grande do Sul, no período entre 1978 e 1995. A evidência sugere que as negociações coletivas fortaleceram-se na sua função regulatória, fazendo crescer o conjunto de direitos dos empregados, ao mesmo tempo em que também propiciaram o ajuste de regras de interesse dos empregadores. Palavras-chave: Relações de trabalho; Negociação coletiva de trabalho; Sindicatos; Indústria.
» ver artigo
O romance: história e teoria
Autor: Franco Moretti
Resumo: Este artigo procura responder à seguinte ordem de questões: Por que os romances são escritos em prosa? Por que tão freqüentemente são histórias de aventuras? Por que houve, ao longo do século xviii, uma ascensão do romance na Europa? O objetivo é alargar a noção de romance e os campos abarcados pelos estudos literários. Tradução: Joaquim Toledo Jr. Palavras chave: Romance; Prosa; Literatura.
» ver artigo
Consistência de Corola
Autor: Iumna Maria Simon e Vinicius Dantas
Resumo: Este artigo procura dimensionar a importância de Corola (2000), de Claudia Roquette‑Pinto, no quadro da poesia contemporânea. A partir de elementos que compõem as figurações e as ambigüidades sintáticas de seu lirismo simulado, identifica‑se a peculiaridade da voz feminina que, confinada na cena de um jardim, fala nos poemas. A análise textual mostra o funcionamento conflituoso das fantasias de autodestruição e o estudo do medo como componentes essenciais de uma poesia que expressa em toda a sua atualidade a experiência de um corpo que não quer morrer. Palavras chave: Poesia contemporânea; Poesia feminina; Trauma; Claudia Roquette‑Pinto
» ver artigo
Dostoiévski em três novelas de juventude
Autor: Renato M. Perissinotto
Resumo: Este artigo analisa três novelas de juventude escritas por Fiódor Dostoiévski: Pobre gente, O duplo e Coração frágil . O texto tem dois objetivos fundamentais: primeiro, recusar a tese de que o autor russo, proverbial analista da alma humana, teria se despreocupado com os condicionantes sociais da ação dos seus personagens; em segundo lugar, pretende-se defender que a sociedade se faz presente nesses escritos por meio de uma "intuição sociológica" que Dostoiévski opera quando analisa os baixos funcionários da Rússia do século XIX. O texto está dividido em três partes: na primeira, descrevo a estrutura estatal da sociedade russa no século XIX; na segunda, apresento a descrição das condições de vida dos personagens e, por fim, analiso a forma pela qual o autor russo apresenta as interações sociais em que eles estão inseridos. Palavras-chave: Dostoiévski; novelas; burocracia russa; intuição sociológica.
» ver artigo
Exercícios do pensamento
Autor: Luciano Gatti
Resumo: A fama de certos livros costuma induzir o leitor a enganos. A Dialética negativa, publicada originalmente em 1966, poderia ser muito bem recebida no Brasil como a consumação da obra filosófica de Theodor W. Adorno. (Resenha)
» ver artigo
Entre o princípio e a regra
Autor: Paula Gorzoni
Resumo: O livro Teoria dos direitos fundamentais é um dos mais citados e estudados atualmente no Brasil no campo das ciências jurídicas. Não só pesquisadores, mas também advogados e juízes utilizam a teoria de Alexy para embasar pareceres, petições e decisões. O constante uso das idéias do jurista alemão inclusive pelos ministros do Supremo Tribunal Federal motivou estudos recentes sobre o assunto. (Resenha)
» ver artigo
Raízes sociais e ideológicas do lulismo
Autor: André Singer
Resumo:
» ver artigo
TEXTOS SELECIONADOS
Arquitetura da participação e controles democráticos no Brasil e no México A multiplicação de experiências participativas visando ampliar o controle social sobre políticas e políticos tornou‑se fenômeno relevante no Brasil e mundo afora. Neste artigo é apresentado um quadro analítico útil à comparação da diversidade da inovação democrática enquanto arquitetura da participação orientada para o controle social. Mediante a aplicação desse quadro, examinamos a configuração de duas arquiteturas contrastantes, originárias de dois contextos nacionais distintos: México e Brasil. Por Ernesto Isunza Vera e Adrian Gurza Lavalle.
Mademoiselle e o desejoA partir de ensaio de Luiz Dantas, uma análise do conto "Atrás da catedral de Ruão", de Mário de Andrade, seus paralelos com Amar, verbo intransitivo e os temas de paixão, desejo e repressão. Por Vilma Arêas
In memoriam: Juarez Brandão Lopes (Elza Berquó)
Pulso Comunicação
Sobre a novos estudos | Expediente | Contato | Assine! | Acesso livre | Todas as edições | Conteúdo virtual | Envie seu artigo | Adquira um exemplar